Notícias


Júri simulado

06/07/2016


3º Ano

Professora: Virgínia

Tarde

A Sala de Música foi transformada em um verdadeiro Tribunal do Júri. Você deve estar se perguntando como isso aconteceu!
Vamos lhe contar e apresentar as provas com o uso de imagens.
Ao estudar Zona Urbana e Rural, surgiram vários questionamentos/posicionamentos.
Alguns  alunos acreditam que viver na Zona Rural é melhor, outros, ao contrário, consideram a zona Urbana melhor.
Para decidir isso de uma maneira justa, a nossa turma (Turma Terra, da professora Virgínia) foi dividida em dois grupos.
Não foi preciso sorteio porque 12 pessoas queriam estudar mais sobre o Meio Rural e 12 sobre o Urbano.
Depois de muito estudo, chegamos à conclusão que os dois espaços têm suas vantagens e desvantagens e,
escolher qual era o melhor, seria muito difícil. Resolvemos que a melhor maneira de decidir seria perguntar para outras pessoas.
Convidamos a turma Júpiter, da professora Jerusa, para isso. Porem, não seria apenas perguntar e anotar a resposta.
Seria realizado um Júri e, foi assim, que a Sala de Música  foi transformada em um Tribunal do Júri.
Para realizar o júri, tivemos que estudar como funciona um  Tribunal.
Aprendemos que existem regras, formas de falar com as pessoas, um jeito específico de se vestir
e se dirigir à autoridade (como em qualquer outro local). Descobrimos, também, que em um Tribunal do Júri são necessários sete jurados.
Isso porque não pode haver empate entre as opiniões. Os jurados são sorteados na hora
e os advogados têm o direito de aceitar  ou não o jurado sorteado. 
Construímos provas para mostrar o que cada Meio tinha de melhor ou pior.
Foram realizadas reuniões entre os componentes dos grupos que, a essa altura, já eram considerados advogados.
Tudo pronto e chegou o grande dia!
 
As primeiras reuniões

 

 
 
Montando as provas

 

 

O grande dia chegou!

Os auxiliares da juíza

Os convocados para possíveis jurados

O sorteio dos jurados

Os jurados

Os trabalhos foram iniciados...

Apreciação das provas

A leitura dos votos

A discreta comemoração, conforme aprendemos que deve ser num tribunal

O trabalho virou uma exposição






Trabalhe conosco